Header Ads

test

Segup faz balanço do final de semana




A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) reforçou neste final de semana do Dia das Mães a segurança em vários pontos da capital, incluindo cemitérios e o distrito de Mosqueiro. Conforme anunciado pelo Governo do Estado, os dois mil novos policiais militares do Curso de Formação de Praça estão nas ruas de Belém e em mais 15 polos regionais para atuar no combate à violência, desde o sábado,12. São 500 PM’s somente na capital para atuar na segurança e no combate à criminalidade, e em polos de vários municípios, como Altamira, Breves, Tucuruí, Paragominas, Barcarena, Marabá, Conceição do Araguaia, Itaituba, Santarém, Parauapebas, Bragança, Castanhal e Santa Izabel do Pará.

Ainda no sábado foi realizada na entrada do distrito de Mosqueiro, na PA-391, a Operação Pórtico. A operação preventiva de combate à criminalidade abordou condutores de carros, motos, ônibus e vans para verificar a irregularidade dos veículos. A ação foi desenvolvida por policiais militares do 10º BPM, com apoio do Batalhão de Policiamento Rodoviário.

Na ilha, alunos da Escola Municipal Lauro Chaves participaram de atividades físicas pela Semana da Família. A ação é realizada em parceria entre a Polícia Militar, Prefeitura de Belém, Guarda Municipal, Conselho Tutelar e Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

De acordo com os dados preliminares da Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac) da Segup foram registradas duas mortes na Região Metropolitana de Belém de 00h00 às 23h59 do sábado, 12. Os casos foram registrados no bairro da Cabanagem, em Belém, e no Icuí Guajará, em Ananindeua.

As investigações dos crimes já iniciaram, sob responsabilidade da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, que trabalha em conjunto com as Delegacias dos bairros onde as mortes ocorreram e são responsáveis pela apuração. A Segup destaca que o trabalho foi reforçado para agilizar a elucidação dos crimes. Qualquer informação pode ser repassada pelo Disque-Denúncia, no 181. O sigilo é garantido.

Nenhum comentário