Header Ads

test

Na 16ª Semana Nacional dos Museus, Mabe debate os desafios da era digital




O Museu de Arte de Belém (Mabe) participa da 16ª Semana Nacional dos Museus, cujo tema, este ano, é “Museus construindo hiperconexões: novas abordagens, novos desafios”. Nesta quarta-feira, 16, a programação se inicia às 9h com a palestra “O papel socioeducativo do museu na perspectiva de uma aliança pela paz”, do presidente da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), Fábio Atanásio, no auditório do Palácio Antônio Lemos, sede da Prefeitura de Belém.

Toda a programação ocorrerá no auditório do Antônio Lemos. Logo após a palestra de abertura, haverá a mesa temática “O museu tecendo conexões com a pesquisa e as tecnologias em rede”, que vai destacar como os museus estão se atualizando para atender um público cada vez mais segmentado nas redes sociais.

No texto de referência da Semana, o Instituto Brasileiro de Museu (Ibram), instituição responsável pela Política Nacional de Museus e que coordena o evento, reconhece a necessidade das novas abordagens e avalia o momento como de inclusão, com os museus e seus públicos caminhando juntos.

O tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, frisa o Ibram, “cria um amplo espectro de caminhos a serem tomados”. “Mesmo com o destaque para o aspecto digital, ressaltamos o papel essencial das relações interpessoais nos museus: as memórias têm cheiro, cor, gosto... e isso é ainda demasiadamente humano”, conclui o documento.

Para o presidente da Fumbel, a Semana Nacional dos Museus também servirá ao debate sobre passado, presente e futuro e seu processo civilizatório. “Todo e qualquer indivíduo se encontra referenciado na história de seus antepassados e na relação com seus contemporâneos, seja na produção de conhecimento ou na valorização cultural”, destaca. Na palestra de abertura, Fábio Atanásio vai abordar a importância e o significado do museu no enfrentamento da violência, a partir dos valores civilizatórios.

A palestra da professora Simone de Oliveira, da Universidade da Amazônia (Unama), sobre “Tecnologia digital como ferramenta dos museus contemporâneos” vai mostrar como os museus podem se enquadrar no mundo digital. Já o professor de História da Unama Márcio Alves Figueiredo, ex-estagiário do Mabe, vai falar sobre a importância do estágio na formação profissional.

  
A programação tem ainda mesas temáticas sobre o Palácio Antônio Lemos e o acervo do Mabe, e contará com a participação de professores e arquitetos da Unama e da Universidade Federal do Pará (UFPA). As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pela internet no e-mail educativa.mabe@gmail.com.

Confira a programação desta quarta-feira, 16:

- 15h, mesa temática “O Museu de Arte como campo de estágio”, tendo como expositores Brisa Caroline Gonçalves Nunes, professora da UFPA, que falará sobre “As experiências do estágio em espaços culturais na formação inicial docente em Artes Visuais”; Melissa Barbery Lima, artista visual e professora, que falará sobre “Experimentações em estágio de bacharelado no Museu de Arte de Belém”; e Márcio Alves Figueiredo, professor graduado em História pela Unama, que discorrerá sobre “O estágio no Mabe como iniciação profissional”. A mediadora será Janice Lima, diretora do Mabe.

- 16h, mesa temática “Palácio Antônio Lemos - projeto de restauração e revitalização”, com Ana Léa Nassar Matos, arquiteta do Mabe e professora da UFPA; José Marques Morgado Neto, arquiteto do Fórum Landi/UFPA; Maria Beatriz Maneschy Farias, arquiteta do Fórum Landi/UFPA. A mediadora será Nina Matos, profissional da Divisão de Curadoria e Montagem do Mabe.

Serviço:
Inscrições à 16ª Semana Nacional dos Museus podem ser feitas pelo e-mail educativa.mabe@gmail.com ou pelos telefones: (91) 3073-1450 e (91) 98337-9699 (funciona também como WhatsApp).


Nenhum comentário