Feira do Empreendedor será aberta hoje, no Hangar




Fomentar a geração de negócios no Estado, por meio de capacitação e relacionamento empresarial, é o principal objetivo da Feira do Empreendedor, que será aberta hoje e vai até este sábado (19), no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém e já é considerada o maior evento de empreendedorismo da região Norte. A abertura oficial será às 18 horas.

Nesta edição, a Feira terá uma área de exposição de 8.500 m², além de 12 salas de aula e cinco auditórios com uma ampla programação gratuita, mais de 300 eventos de capacitação, totalizando 32 mil vagas, tanto para quem já tem seu negócio como para futuros empreendedores. Além disso, o evento conta diariamente com palestras, oficinas, workshops, seminários, painéis, encontros e rodadas de negócios, e as tão esperadas palestras masters, com renomadas personalidades nacionais da área de negócios.

A expectativa é de um público de mais de 30 mil pessoas e de mais de R$ 30 milhões em geração de negócios. Segundo Fabrizio Guaglianone, diretor-superintendente do Sebrae no Pará, “a Feira pretende fomentar a criação de um ambiente favorável para a geração de oportunidades de negócio e estimular o surgimento, a ampliação e a diversificação de empreendimentos sustentáveis, além de difundir o empreendedorismo”.

Com programação dinâmica, alinhada às novas tendências do mercado, a Feira deste ano foi totalmente projetada em espaços segmentados por área de atuação, e vai contar com diversos recursos tecnológicos e lúdicos para facilitar o acesso do público às informações disponíveis e, com isso, estimular o network e a geração de novos negócios.

Destaques da Programação

Palestras Masters - Em todos os dias da Feira, a partir das 17 horas, serão realizadas as palestras masters, no auditório do Hangar, uma oportunidade para os empreendedores locais, de aprender com os exemplos de vida e estratégias usadas por empresários de sucesso que conseguiram alcançar projeção nacional e internacional no mundo dos negócios. Ao todo, serão seis palestras masters durante todo o evento. Entretanto, além das masters, haverá outras palestras voltadas para empreendedores de diversos segmentos de negócios.

A grande novidade é que todas as palestras masters terão tradução em libras, audiodescrição e versão em braile na programação impressa. Essas ações visam incluir as pessoas com deficiência visual e auditiva na Feira do Empreendedor.

Dia 16 - no primeiro dia do evento, Roni Bueno apresenta o case “Netshoes: dos fundos de um estacionamento a um e-commerce de 1 bilhão”. O palestrante é sócio-fundador da Netshoes, maior empresa de e-commerce esportivo do mundo. É considerado, atualmente, um dos maiores executivos do Brasil.

Dia 17 – neste dia, às 17 horas, haverá palestra com os fundadores da Companhia de Teatro Melhores do Mundo. Jovane Nunes e Victor Leal irão proferir a palestra “O melhor negócio do mundo”, na qual relatam a origem da companhia teatral de maior sucesso do Brasil, destacando pontos como empreendedorismo, inovação, economia criativa, persistência e superação de obstáculos, tudo com muito humor e diversão.

Também no dia 17, às 20h, será a vez da palestrante Martha Gabriel, influenciadora digital, futurista, autora de best-seller, palestrante internacional premiada e professora nas principais escolas de negócios do Brasil, sendo ganhadora de 11 Prêmios iBest. Ela falará sobre “Neuromarketing: entendendo a cabeça do consumidor”.

Dia 18 – a partir das 20 horas, a programação contará com a palestra de Roberto Justus, administrador, publicitário, apresentador de TV e empresário. Ele falará sobre “As sete forças que levam você ao sucesso”. Fundador de uma das maiores redes de comunicação da América Latina, o palestrante está ansioso para o contato com os empreendedores paraenses.

Dia 19 – o último dia da Feira também contará com duas palestras masters. A primeira, às 17 horas, será com o pesquisador da Cultura Digital com mais de quinze anos de experiência, Gil Giardelli, que fará a palestra “E-futuro? A era digital e a inovação radical”.

Logo em seguida, às 20 horas, o jornalista e apresentador de TV Dony de Nuccio, encerra a programação com a palestra “Cenário Atual da Economia: Desafios e Oportunidades”, que trata do empreendedorismo em um contexto tecnológico, digital e inovador, que integra fatores culturais diferentes, em um ambiente de mercado competitivo e de intensas transformações.

Capacitações – O evento terá mais de 300 eventos voltados para educação e orientação coletiva, tanto para quem já é dono de negócio quanto para os que sonham em abrir sua própria empresa. Eles incluem capacitações, rodadas e encontros de negócios, consultorias e palestras, por exemplo. Para essa edição do evento, os eixos temáticos das capacitações serão: negócios digitais, empreendedorismo e educação empreendedora; estratégia e gestão; inovação e sustentabilidade; tendências e oportunidades de negócios.

São oportunidades para empreendedores da capital e do interior do estado. “A previsão é receber 1700 empresários de pequenos negócios com atuação em municípios, que virão a Belém em caravanas organizadas pelo Sebrae, um trabalho integrado de técnicos de Belém e dos escritórios regionais”, ressalta a coordenadora da Feira, Renata Rodrigues.

Responsabilidade socioambiental

Uma das grandes novidades dessa edição da Feira do Empreendedor é que os conteúdos teóricos de vários espaços estarão disponíveis para download via QR Code, uma iniciativa que visa reduzir o desperdício e facilitar o acesso do público às informações técnicas que o Sebrae disponibiliza por meio da Feira do Empreendedor, sendo eles: Loja Virtual de Moda, Terruá Amazônico, Espaço Gastronômico, Oficina Modelo, MiniMercado e Inteligência de Mercado. São manuais técnicos, relatórios sobre tendências em cada segmento, boletins e muito mais.

As palestras masters contarão com tradução em libras, audiodescrição e impressão em braile no folder da programação, outros diferenciais dessa da Feira deste ano. Isso será possível graças a parcerias do Sebrae com a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), por meio do curso de Libras, com o Instituto Álvares de Azevedo e com a Imagem Acústica Audiodescrição. Além disso, o pavilhão de exposições contará com mapa tátil e com visitas guiadas por funcionários do Sebrae treinados pelo Instituto Álvares de Azevedo.

Em 2018, o Sebrae realiza uma ação em conjunto com a Fundação Hemopa, desenvolvendo a Campanha ‘Empreendedor Doador’, por meio da qual os primeiros 200 empreendedores inscritos na Feira que forem ao Hemopa doar sangue, entre os dias 13 de abril e 31 de maio, apresentando o seu comprovante de inscrição, receberão um kit após a doação, que incluiu camisa, manual e CD Aprender a Empreender.

Na área ambiental, o Sebrae fechou parceria com a Associação dos Recicladores das Águas Lindas (Aral), que terá dez associados trabalhando durante toda a Feira, numa área dentro do Hangar, onde todos os detritos gerados durante a Feira já passarão por triagem, classificação e pesagem. O valor da venda do material reciclável será todo revertido para a associação, e os dados da pesagem servirão para o cômputo do inventário de Gases de Efeito Estufa do Sebrae no Pará.



Modelos de Negócio - A 9ª FE estará com quatro Modelos de Negócio: Minimercado, onde o visitante poderá conhecer um modelo viável de negócio na área de varejo de bairro; a Loja Virtual de Moda, toda em realidade 3D com informações voltadas para os empreendedores que trabalham com confecção ou varejo de moda; Oficina Modelo, onde dois veículos estarão expostos para a demonstração de produtos e serviços que podem ser oferecidos pelos empreendedores que atuam como reparadores veiculares; e Experiência Gastronômica, que segue o tema “do campo à mesa” para expor toda a cadeia produtiva da alimentação, utilizando-se de recursos físicos e virtuais.

Oportunidades de Negócios – O espaço de oportunidades de negócios conta com 90 estandes, sendo 25 para empresas de Máquinas e Equipamentos; 20 para Serviços, Soluções e Inovações; 20 para Representações Porta a Porta; e 25 para Franquias. As empresas presentes no espaço são ofertantes de produtos e serviços que possam auxiliar futuros empreendedores de pequenos negócios a abrir sua empresa de forma sustentável e competitiva, bem como ajudar empresários de micro e pequenas empresas a aperfeiçoar, dinamizar ou expandir seus negócios.

Arena E-Commerce - Espaço que é uma das novidades desta Feira. É voltado a empreendedores ou futuros empreendedores que querem saber mais sobre comércio eletrônico e negócios online. A dinâmica do espaço se dará por meio de palestras e talk shows em que haverá uma experiência interativa do público com profissionais de com marketplaces como Elo7, iFood e Estante Virtual. Os Correios e o Facebook também participam, expondo suas soluções voltadas para e-commerce.

SebraeLab - Espaço projetado com inspiração na tendência do coworking, para apresentar as principais tendências mundiais de transformação digital e sua implicação na rotina dos pequenos negócios. Oferece 40 capacitações com temas relacionados a inovações que estão revolucionando o mundo dos negócios (big data, internet das coisas, etc), além de metodologias ágeis para empreendedores que querem tirar sua ideia do papel. Terá nomes como o diretor da Rede Fab Lab Brasil, André Guerreiro; o programador do Easy Táxi, Jean Patrick; Bruno Clash, com “De jogador profissional a narrador de jogos mobile”. No dia 17, o espaço abriga o encontro Nerd Weekend, um painel sobre mercado da cultura pop, com Joe Bennett, com “Como entrar no Mercado Americano dos Comics”; Guilherme Gonzalez, com “Os desafios e oportunidades para um ator e roteirista”; e Eduardo Borgerth, com "O Universo da Dublagem”.

Terruá Amazônico – Área de 312m², com 32 estandes para artesãos e produtores rurais atendidos pelo Sebrae no Pará, com o apoio do programa AL-Invest 5.0 (programa de cooperação internacional da Comissão Europeia voltado para alavancar a produtividade dos pequenos negócios na América Latina. O Sebrae no Pará é a única instituição do Norte do Brasil contemplada pelo AL-Invest 5.0). No Terruá, os expositores poderão fazer bons negócios, enquanto o público conhecerá produtos que revelam a riqueza e a diversidade de diferentes regiões do estado: cerâmica, miriti, biojoias, madeira e fibras, além de alimentos e bebidas que são a cara do Pará. O Terruá ainda realiza várias capacitações, entre elas, seminários sobre “Marco Legal da Biodiversidade”, “Inovação e design para cosméticos”, “Fragrâncias da Amazônia”; a oficina “Evolução da perfumaria”, com a perfumista Renata Ashcar; e a visita técnica “Rota Cheiros e Fragrâncias Amazônicas”, na comunidade de Boa Vista do Acará. O Terruá recebe visita das comitivas da Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, Bolívia (CAINCO) e da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).



Experiência Gastronômica - O espaço de Experiência Gastronômica terá 420m², três vezes maior do que o Cozinha Show da Feira passada, e conta com a participação de 24 chefs paraenses elaborando pratos a partir de releituras da culinária paraense, além de capacitações, modelo de negócio para restaurantes e muito mais.

Relacionamento Empresarial - Espaço com o tema “É a hora de vender”, onde funcionarão 31 estações de trabalho, com atendimentos da Semana do MEI e da Semana de Educação Financeira. Oferecerá 115 eventos, incluindo 24 oficinas com ênfase nos temas de finanças e vendas, 64 palestras, seminários e mesas redondas e Seminário de Crédito do BNDES. Terá 12 clínicas tecnológicas voltadas para vendas; espaço “Parceiros”, com dez instituições parceiras do Sebrae para dar orientações para regularização e abertura de empresas e eSocial; consultorias agendadas; totem de autoatendimento; mural do empreendedor; e eventos voltados para a obtenção de crédito.

Clínica Empresarial – Espaço lúdico, implementado pela primeira vez na Feira, com atendentes vestidos de médico, que visa estimular os empreendedores a identificarem como o seu desempenho pode ser melhorado, com foco no mercado. Os atendimentos duram cerca de 30 minutos, em que são feitas 20 perguntas ao “empresário-paciente” baseadas em quatro temáticas: relacionamento com clientes; relacionamento com fornecedores; análise de concorrência e marketing. Feito o diagnóstico, são apresentadas recomendações ao “empresário-paciente”, de acordo com os pontos que precisam ser melhorados, com orientações sobre capacitações disponíveis dentro da programação da Feira. Ele também receberá o portfólio de produtos do Sebrae, com cursos, oficinas e outras capacitações que poderá fazer depois de encerrada a Feira.

Inteligência de Mercado - Espaço com oito telas interativas que exibem documentos de inteligência de mercado elaborados pelo Sebrae no Pará ou parceiros, como pesquisas, boletins, informações de mercado, informações governamentais e sobre investimentos, datas comemorativas; oportunidades de negócios evidenciadas em pesquisas; internacionalização; e compras governamentais. Boa parte do material estará disponível para download via QRCode.

Centro Sebrae de Sustentabilidade - Espaço concebido para mostrar aos empresários de pequenos negócios que é possível gerar mais lucro reduzindo impactos no meio ambiente e contribuindo para um desenvolvimento social mais justo e igualitário. Oferecerá interações por meio de vídeos e atendimento com consultor especialista em sustentabilidade, além de palestras sobre temas relacionados. O mobiliário do espaço foi confeccionado em material sustentável.

Semana do Microempreendedor Individual – MEI - A 10ª Semana do Microempreendedor Individual – MEI será de 14 a 25 de maio, com boa parte das atividades concentrada dentro da Feira do Empreendedor (16 e 19 de maio). Dentro da Feira, a programação funcionará no espaço do Relacionamento Empresarial e oferecerá as mais diversas orientações, além de serviços de formalização, emissão de DAS e DASMEI; orientações financeiras; atendimento em áreas temáticas (gestão, marketing, atendimento etc). O Sebrae espera atender 3.600 CNPJ’s durante a Semana Mei.

III EITT – Outro grande evento que foi inserido na programação da Feira do Empreendedor é o III Encontro Internacional de Inovação e Transferência de Tecnologia, que será de 17 a 19 de maio, das 11h às 22h. Seminários, palestras, oficinas, mesas-redondas e talk show para discutir temas importantes como o papel dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no processo de transferência de tecnologia; os gargalos tecnológicos vivenciados pelos empreendedores do segmento de biocosméticos; as mudanças da Lei de Inovação e seus principais impactos; os desafios do Novo Marco Legal da Inovação e oportunidade para aproximar empresários, empreendedores e pesquisadores de universidades e instituições de inovação e pesquisa.

#Colaboração Assessoria de Imprensa - Fotos: Divulgação

COMPARTILHAR:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário