Header Ads

test

Lucinnha Bastos, Andrea Pinheiro e Marianne Lima cantam para homenagear as mães




“Cantiga de Mãe”, com as cantoras Lucinnha Bastos, Andréa Pinheiro e Marianne Lima, é o show solidário que será apresentado nesta quinta-feira, dia 10, no Theatro da Paz, em homenagem ao Dia das Mães. A renda será destinada às obras de caridade do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal.

Quando as vozes de Lucinnha Bastos, Andréa Pinheiro e Marianne Lima se encontram no palco é certeza de que grandes emoções vão tocar o coração do público. O timbre diferenciado de cada cantora se une aos arranjos impecáveis do maestro Luiz Pardal e à sonoridade de cada músico instrumentista na interpretação de canções especialmente selecionadas para esse show.

Lucinnha Bastos tem uma longa carreira como intérprete e já participou de inúmeros festivais no Pará e em outros estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e em todo o Norte e Nordeste do Brasil. Gravou um compacto duplo, três LPs e três CDs solo. Apresentou-se na sala Funarte, no Free Jazz Festival, ao lado do trompetista cubano Arturo Sandoval e dividiu o palco com alguns artistas famosos como Miltinho, Ângela Maria, Elizeth Cardoso, Baden Powell, dos paraenses Sebastião Tapajós, Altino Pimenta, Billy Blanco, Fafá de Belém, Leila Pinheiro, Jane Duboc e do maestro Waldemar Henrique. No ano de 2004, lançou o Projeto Trilogia “A força que vem das ruas”, juntamente com Mahrco Monteiro e Nilson Chaves, trabalho que resultou em três CDs ao vivo e um DVD.

Andréa Pinheiro, uma das mais experientes intérpretes paraenses, desenvolve há mais de 15 anos a atividade musical profissionalmente, apresentando-se em teatros e casas noturnas, participando de shows e festivais, com sucesso de público e crítica. Foi solista da Amazônia Jazz Band durante sete anos. Gravou quatro CDs e está gravando o CD “Na Marola”, com o grupo Trio Lobita e o Quarto Elemento. Fez diversas participações em CDs de outros artistas e coletâneas e participou dos projetos “Pret a Porter” e “Novo Canto”, no Rio de Janeiro. Em 2005 apresentou-se com o violonista e compositor Durval Ferreira, no JClub (RJ) e no Projeto Pixinguinha, excursionando por oito cidades brasileiras.

Marianne Lima é artista da música erudita e popular e integra o Coro Carlos Gomes há 13 anos. Foi solista dos grupos de Música Antiga da Fundação Carlos Gomes e da Escola de Música da Universidade Federal do Pará. Atuou como solista no oratório “Glória”, de Vivaldi, com a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e na “Missa Cubana”. Com o Coro Carlos Gomes, obteve premiações em concursos de canto coral na Itália, em 2002, e nas Olimpíadas Mundiais de Coros, na Áustria, em 2008. Na música popular, já realizou diversos shows ao lado de artistas como Ronaldo Silva, Simone Almeida, Nilson Chaves, Lia Sophia, Almirzinho Gabriel e Walter Bandeira.

Este ano o Cantiga de Mãe conta com a participação especial da soprano Martha Serrano. O show é roteirizado com um repertório de canções da música brasileira. As cantoras serão acompanhadas pela banda formada pelos músicos Edvaldo Cavalcante (bateria), Jacinto Kahwage (piano), Adelbert Carneiro (baixo), Flávio Saraiva (violão), Sara Moraes (violino) e Argentino Neto (clarinete), sob a direção musical de Luiz Pardal, que também se apresenta tocando teclado, gaita e bandolim.

Serviço:

Show Cantiga De Mãe, no Theatro da Paz (Rua da Paz, S/N. Campina, Belém), dia 10 de maio, às 20h. Ingressos: R$ 30,00 (plateia, varanda, frisas e camarote de 1ª) e R$ 20,00 (camarote de 2ª, galeria e paraíso) que podem ser adquiridos nas bilheteiras do teatro ou pelo site www.ticketfacil.com.br.

* Com a colaboração de Camila Correia

Nenhum comentário